Como hospedar seu site PHP + MySQL gratuitamente no Microsoft Azure

Olá pessoal.

Hoje uma aula bem legal para aproveitarmos a parceria do Centro Paula Souza com a Microsoft, o Microsoft Imagine. Além das 10 licenças do Office 365, 1 tera de dados no OneDrive, licença do Windows 10 e Window Server 2012 e 2016, Visual Studio Professional 2012 e outros disponíveis no portal do programa Etec on the hub temos também disponível o Azure, um serviço de nuvem para estudantes virtualizarem servidores, implementar aplicações e banco de dados.

Uma dica bem legal é usar e abordar o Azure no seu projeto de TCC.

Como ativar a sua conta de estudante no Azure (Etec e Fatec).

  1. Acesse o site do programa Azure for Students.
  2. Clique no botão Ative Agora disponível no topo do site.
  3. Faça o login usando o seu e-mail institucional.
  4. Nos passos seguintes, confirme a sua identidade, um SMS será enviado ao celular para confirmar.
  5. Ao final do processo você será redirecionado ao dashboard do Azure.

Importante! Os próximos acessos ao Azure deverão ser pelo Portal Azure – https://portal.azure.com/

Deixar o Azure em Português.

Caso seu dashboard esteja em inglês, você pode obter a versão parcial em português. Clique no ícone da engranegam (Configurações) e localize os campos Idioma e Formato de região conforme imagem.

configurando o Azure para português

Adicionando Recursos no Azure

Criando um Web App com MySQL no Azure

O serviço de hospedagem do Azure é gratuito e se chama Web App, você pode criar até 10 web App gratuitamente. Para criar um Web App com MySQL no Azure. Para ativá-lo siga os passos;

  1. No dashboard do Azure, localize o botão Criar um Recurso
    adicionar recurso no azure web app
  2. No campo de busca, digite Web App + MySQL
  3. Clique em Aplicativo Web + MySQL e no passo seguinte clique em Criar.
  4. Nos campos de configuração defina um nome para a sua aplicação WEB, mantenha a assinatura Azure for Students. Mas em Provedor de Banco de Dados mude para MySQL do Aplicativo, este é um recurso gratuito, a outra opção de MySQL não é.
  5. Clique em criar e aguarde alguns minutos até que o recurso seja ativado.

Ativando o serviço de FTP do Web App do Azure

O serviço de FTP – File Transfer Protocol é necessário para que possamos transferir arquivos do nosso computador para o servidor do Azure. Quando acessamos o recurso criado, logo de início temos algumas informações interessantes como o endereço do serviço de hospedagem, o usuário de FTP e host de conexão para acesso ao serviço de FTP.

Embora tenhamos o endereço do host e o nome de usuário, não temos a senha. Então vamos aos passos;

Como criar uma senha de FTP para o Web App do Azure

  1. No meu lateral, localize o item Credenciais da implementação.
  2. Você poderá definir a senha nos campos a seguir.

Acessando o FTP pelo FileZilla

Agora temos todos os dados de acesso, incluindo a senha. Podemos usar o software de cliente de FTP Filezilla

Importante! Se você estiver usando uma conexão da Intragov na Escola ou Faculdade, provavelmente você terá que fazer o acesso de forma insegura. Isso pode ser resolvido no FileZilla clicando em Arquivo > Gerenciador de Sites. Em seguinda clique em Novo Site e configure os dados porém no campo criptografia mude para a opção Usar sometne FTP simples (inseguro)
.

Agora que se conectou você deve publicar seus arquivos dentro da pasta site/wwwroot

Trabalhando com MySQL no web App do Azure

Por padrão o MySQL já está ativado no serviço e pode ser ser acessado através do item de menu MySQL no Aplicativo.. O PhpMyAdmin estará disponível no botão Gerenciar.

Acessar PhpMyAdmin no Azure

Importante! O banco de dados disponível para o seu Web App é o localbd. Embora você possa criar outros bancos, recomendo que utilize o localbd para as suas primeiras experiências.

Obtendo o usuário e senha do MySQL do Web App do Azure.

Diferente das empresas de hospedagem, o dados de conexão ao MySQL ficam disponíveis no FTP e não no Dashboard. Acesse o serviço de FTP e localize a pasta /data/mysql e depois abra o arquivo MYSQLCONNSTR_localdb.txt, ele contêm os dados de acesso para criar suas aplicações PHP.

Log de Erros do PHP

Para encerrar esta aula vamos ver como descobrir erros do PHP. O Azure por ser um ambiente de produção não exibe erros retornados por scripts PHP. Porém o Azure mostra os erros através de registros de logs.

  1. Localize o item Logs de diagnóstico
  2. Ative as opções Logs de Aplicativo e Mensagens de erro detalhadasExibir erros do PHP no Azure
  3. Para acompanhar os registros de log localize no menu lateral item Fluxo de log., você também pode ver os registros de erros acessando o FTP e acessar a pasta LogFiles, nela você encontrará o arquivo php_erros.log
    logs de erro do php no azure

Agora você já sabe tudo o que precisa sobre como hospedar sua aplicação web no Azure. Bons estudos e aproveite!

Deixe seu comentário