Comandos SQL do MySQL – Criando bancos e tabelas

Continuando a aula 01 – Introdução ao MySQL (se você ainda não leu a primeira aula, leia-a antes de começar esta), vamos agora conhecer os comandos mais básicos do MySQL.

 

Tabelinha de comandos da aula de hoje.

CREATE DATABASE nome_do_banco; Cria um novo banco de dados com o nome que você definir.
USE nome_do_banco; Seleciona um banco de dados já criado. Observando que em um servidor MySQL podemos ter centenas de bancos diferentes.
CREATE TABLE nome_da_tabela (campo1 TIPO, campo2 TIPO, campo 3 TIPO, PRIMARY KEY (campoX)); Cria uma tabela.
SHOW TABLES Exibe as tabelas de um banco de dados.
DESCRIBE Mostra uma lista completa com todos os atributos (campos) da tabela informada em “nome_da_tabela”, desde que a tabela informada seja parte do corrente schema.

Tabelinha de Tipos de Dados.

Ao criarmos uma tabela dentro de um banco de dados, precisamos definir quais serão os campos e quais os valores que eles irão guardar.

Assim como em Lógica de Programação, aonde temos criar variáveis para guardar valores, mas temos também que informar ao computador quais tipos de dados queremos guardar.

Definir o tipo de dados significa performance. Se o computador sabe que determinado dado é um número inteiro, ele conseguirá realizar um cálculo mais rápido. No banco de dados isso não é diferente, se o banco de dados sabe diferenciar texto de número, ele consegue gerar resultados mais rápidos.

TinyInt é um número inteiro com ou sem signo. Armazena de -128 até 127.
Bit ou Bool um número inteiro que pode ser 0 ou 1.
SmallInt número inteiro. Armazena desde -32768 até 32767.
MediumInt número inteiro. Armazena desde -8.388.608 até 8.388.607.
Integer ou Int número inteiro. Armazena o intervalo de -2147483648 até 2147483647.
BigInt número inteiro com ou sem sinal de menos. consegue armazenar o intervalo de -9.223.372.036.854.775.808 até 9.223.372.036.854.775.807.
Decimal ou Dec (M,D) número com vírgula. O D representa quando número serãoa ceitados após a vírgula e o M informa quantos números inteiros serão aceitados antes da vírgula, por exemplo DECIMAL(9,2) irá permite um valor máximo de 999999999,99
Date Armazena data no formato americano, YYYY/MM/DD
DateTime Armazena a data no formato americano junto com a data no formato de 24 horas.
TimeStamp Armazena a data e hora automaticamente extraída do servidor.
Time Armazena apenas a hora, no formato de 24h, hora, minutos e segundos: 24:59:59
Year Armazena apenas o ano, no formato YYYY.
Char(n) Armazena texto de até 255 caracteres e possui tamanho fixo (vide explicação na aula).
VarChar(n) Armazena texto de até 255 caracteres e possui tamanho dinâmico (vide explicação na aula). Ex: varchar(120) significa que um campo irá reservar 120 caracteres de texto.
Text Um texto com um máximo de 65535 caracteres.
Blob Normalmente, usado para guardar multimídia como imagens, vídeos e áudios.

 

Exemplo prático:

Vamos usar o seguinte modelo lógico para criarmos nosso banco de dados;

 

Solução:

  1. Abra o console do MySQL conforme visto na aula anterior aula 01 – Introdução ao MySQL,
  2. Antes de criamos a tabela, precisamos primeiro criar o banco de dados. Para isso, use o comando CREATE DATABASE, ficando assim:
    create database bd_etec;

  3. Agora, vamos criar a tabela conforme mostra o modelo lógico. Mas antes disso, precisamos selecionar o banco de dados que acabamos de criar usando o comando USE, ficando;
    use bd_etec

  4. Agora a coisa fica séria, vamos finalmente criar a tabela de acordo com o modelo lógico proposto. Para isso, usamos o comando CREATE TABLE, ficando assim;
     create table tb01_alunos(tb01_rm_aluno int, tb01_nome_aluno varchar(120), tb01_rg_aluno bigint, tb01_dtnasc_aluno date, tb01_endereco_aluno varchar(120), tb01_bairro_aluno varchar(60), tb01_cidade_aluno varchar(60), tb01_cep_aluno bigint, tb01_nome_mae varchar(120), tb01_nome_pai varchar(120), tb01_telefone bigint, PRIMARY KEY (tb01_rm_aluno));

  5. Prontinho! Agora vamos listar todas as tabelas do banco usando o comando SHOW TABLES, ficando;
    show tables;

  6. Para exibir a estrutura da tabela, usamos o DESCRIBE, ficando;
    describe tb01_alunos

Deixe seu comentário